DOI e ISSN

Qual a diferença entre ISSN e DOI?

Tanto o ISSN quanto o DOI são números de identificação únicos para publicações, muito parecido com o código ISBN utilizado nos livros. Para deixar mais claro, o que os diferencia é que o ISSN é usado para publicações seriadas, sejam esses jornais, anais, revistas e até blogs, científicos ou não, já o DOI é usado para identificação de objetos digitais em geral, mesmo que frequentemente seja usado para artigos científicos.

O ISSN é único, isso quer dizer que independe do número de volumes que um veículo tenha, o ISSN do título-chave é o mesmo. O diferencial é que uma coleção de monografias pode ter um ISSN, sendo que cada coleção terá um código diferente.

Resumindo, é atribuído um ISSN único e diferente para publicação seriada:

  • durante todo o período de duração de um título,
  • a cada versão linguística (cada idioma diferente receberá um código diferente),
  • a cada suporte distinto.

Já o DOI, como um produto num ambiente digital, é destinado a assegurar a identidade e a também a durabilidade na publicação. O código pode se aplicar a:

  • uma publicação na sua totalidade (uma edição de revista, por exemplo),
  • uma base de Dados.
  • a componentes: sub-itens de um artigo de periódico, livros, proceedings como figuras, tabelas, gráficos e dados suplementares;
  • um capítulo, etc.

Vale lembrar que um documento conserva o seu DOI ao longo de toda a sua existência e, se por acaso for eliminado, esse DOI não será reutilizado.

O mais interessante é que ambos códigos sejam usados em conjunto na identificação do artigo a fim de oferecer mais seguração que a publicação não se perca com o passar dos anos e acúmulo de informações. Mas não se preocupe, se sua publicação estiver conosco, garantimos que tenha os códigos de identificação necessários para que os trabalhos de seus eventos e revistas científicas não se percam. Entre em contato conosco! Você economiza tempo e ganha segurança quando nós ficamos responsáveis por toda burocracia e complicação!

 

Leia mais: