Aplicativos para Eventos

Você sabe quais foram os trabalhos mais favoritados durante o 10º EPCC?

O mês de outubro se encerrou com a 10ª edição do Encontro Internacional de Produção Científica da UniCesumar (X EPCC), que aconteceu entre os dias 24 e 26 de outubro de 2017 em Maringá, cidade paranaense que sedia a universidade.

O encontro, realizado bienalmente, tem como objetivo central fomentar os debates de pesquisas finalizadas e em andamento, por isso que o EPCC abrange todas as áreas do conhecimento e com pesquisas desenvolvidas desde alunos de ensino médio, graduação, pós-graduação até por professores e pesquisadores.

Nessa proposta de diálogo durante os processos científicos, o evento não se restringe apenas à comunidade interna da UniCesumar, sendo o evento científico de porte internacional e com a participação de outras universidades e instituições.

O EPCC acontece desde 1999, sendo nítido o crescimento do evento, que em sua primeira edição reuniu a apresentação e debate de 72 trabalhos e este ano foram 1.252 trabalhos de diferentes áreas do conhecimento.

Devido ao crescimento do encontro, a organização ofereceu gratuitamente para todos os participantes um aplicativo mobile desenvolvido pelo Galoá para que todos tivessem a melhor experiência durante o evento.

Por que usar um app para o seu evento científico?

Saiba mais aqui.

“O evento está crescendo cada vez mais e é necessário acompanharmos as tendências, inovar e envolver a tecnologia, já que hoje em dia isso é fato. Para facilitar a organização e gerenciamento do evento, com intuito de obtermos mais impacto diante dos pesquisadores e instituições, inauguramos o app com o Galoá, que permitirá aos participantes montarem suas agendas para que possam assistir às apresentações que lhes interessam.” - Patricia Trento (UniCesumar)

Além de ser possível ter uma agenda personalizada sobre o que cada participante pretendia acompanhar no evento, o próprio app notificou com 15 minutos de antecedência (e offline) quando a atividade iria acontecer e a sua localização. O App do EPCC 2017 também permitiu que todas as notícias e comunicados sobre o evento fossem recebidas de imediato, caso o participante estivesse conectado à internet.

Uma outra novidade interessante que o aplicativo, desenvolvido pelo Galoá para o EPCC, ofereceu aos participantes foi a possibilidade de favoritar os trabalhos que mobilizaram mais interesse para ser lido mais tarde ou acompanhar a apresentação durante o encontro, sendo que os trabalhos mais favoritados foram elencados no Ranking disponível para todos os participantes no app.

Com o encerramento do encontro, reunimos neste post quais foram os 10 trabalhos mais favoritados durante o evento EPCC 2017, acompanhe a seguir o Ranking e resumos dos trabalhos:

 

                                         Título do Trabalho                                                          Área

1

A formação do leitor crítico: contribuições do familiar e escolar

Ciências Humanas

2

#zikazero: Uma análise da popularidade da campanha de saúde no Instagram Ciências Sociais Aplicadas

3

Identificação dos fatores envolvidos na adesão da vacina contra o HPV pelas adolescentes Ciências da Saúde

4

A atual situação da democracia brasileira: Ruptura constitucional? Ciências Sociais Aplicadas

5

500 anos de Reforma Protestante e a (in)justiça social Ciências Humanas

6

A comunicação interna nas organizações na perspectiva da gestão do conhecimento Ciências Sociais Aplicadas

7

A arquitetura como norteadora e refúgio na vida de mães desamparadas: Um estudos de caso em casa-lar de acolhimento para gestantes Ciências Sociais Aplicadas

8

(Re)volução do conceito de soberania e a ruptura do paradigma: o caso da União Europeia Ciências Sociais Aplicadas

9

A associação da técnica de indução de colágeno (TIC) com o peeling químico no tratamento do melasma facial Ciências da Saúde

10

Influência de diferentes adubações verdes para controle da luminosidade incidente sobre o solo em um sistema de cultivo agroecológico Ciências Agrárias


Conheça melhor os trabalhos mais favoritados durante o 10º EPCC

  1. A formação do leitor crítico: contribuições do familiar e escolar - O trabalho teve como objetivo analisar a formação de leitores críticos em escolas públicos do ensino fundamental. A pesquisa de campo foi realizada em uma escola pública de Brasília, na qual foi constatado que a leitura é intuitiva e gradual, sendo iniciada no meio familiar e aperfeiçoada em ambiente escolar. Sobre a formação do leitor crítico, a pesquisa argumenta que é necessário mais incentivo para se criar o hábito e desejo pela leitura, porém, a gramática ainda se sobrepõe aos estudos literários. Autoria:  Euda Márcia Dias Paiva; Ivan Vieira da Silva; José Francisco de Assis Dias
  2. #zikazero: Uma análise da popularidade da campanha de saúde no Instagram - A pesquisa discute o investimento em diferentes estratégias de comunicação do governo federal para mobilizar e conscientizar as pessoas sobre o vírus Zika, que se utilizou do uso de diferentes redes sociais. No caso, a pesquisa focou apenas na rede Instagram para compreender como a campanha foi aceita pelos usuários por meio das postagens mais populares com a hashtag #zikazero. Entre os resultados, os autores apontam a curiosidade de que entre as publicações mais populares com a hashtag, apenas uma foi criada pelo Ministério da Saúde, sendo que as demais foram produções espontâneas. Autoria: Kennedy Bacarin da Silva Filho; Ana Patrícia Fernández Turkowski; Tiago Franklin Rodrigues Lucena.
  3. Identificação dos fatores envolvidos na adesão da vacina contra o HPV pelas adolescentes - A vacinação contra  o Papiloma Vírus Humano (HPV) previne o público feminino de doenças como verrugas genitais e câncer de útero. Devido ao público que toma a vacina ser jovem, este trabalho buscou entender o que motivou as adolescentes a tomarem a vacina e sobre o conhecimento que elas tinham sobre temas de HPV. Entre os resultados envolvendo 230 adolescentes, os pesquisadores constataram que 50% afirmam que só tomaram a vacina por ordem dos pais. Autoria: Adali Camila Alves ; Helena Munhoz da Rocha Caporali ; Carolina Arnaut dos Santos ; Regiane da Silva Macuch ; Marcelo Picinin Bernuci
  4. A atual situação da democracia brasileira: Ruptura constitucional? - O atual momento político brasileiro é de crise e com diversas leis e ações consideradas questionáveis. Com esse contexto, os autores buscam compreender a legalidade dos processos para contribuir no debate e evitar que novos casos voltem a acontecer. Autoria: Henry Matheus do Nascimento e Alessandro Severino Valler Zenni
  5. 500 anos de reforma protestante e a (in)justiça social - Como 2017 foi o ano que a reforma protestante, liderada por Martinho Lutero, completou seus 500 anos, os autores buscam compreender se o conceito adotado pelas igrejas de justiça social e suas ações com as comunidades que estão inseridas, avaliando assim se houve rupturas ou continuidade dessas ações desde a reforma. Autoria: Enock Fernandes Alves ; Roney de Carvalho Luiz
  6. A comunicação interna nas organizações na perspectiva da gestão do conhecimento - A pesquisa em andamento busca aplicar um questionário qualitativo entre empresas de Maringá para compreender a gestão da comunicação interna delas e como isso se reflete na comunicação externa. Autoria: Eduardo Ricci da Cruz ; Cláudia Herrero Martins Menegassi
  7. A arquitetura como norteadora e refúgio na vida de mães desamparadas: Um estudos de caso em Casa-lar de acolhimento para gestantes - A arquitetura é contribuidora de um ambiente que gera bem-estar e qualidade de vida, com isso em mente, a pesquisa busca compreender se uma Casa-lar, em Maringá, de acolhimento de gestantes em condições de vulnerabilidade tem a estrutura física necessário para colaborar com o acolhimento social. Autoria: Leonardo da Silva Azevedo ; Paloma Luana de Azevedo Ramos da Silva ; Norma Eliane Jung
  8. (Re)volução do conceito de soberania e a ruptura do paradigma: o caso da União Europeia - Segundo as autoras, o termo “soberania” sofreu mudanças com o desenvolvimento do Direito Internacional, sendo que antes tinha o sentido poder absoluto.Com a prerrogativa de que o conceito mudou com o passar dos séculos, as pesquisadores buscam entender o termo com a União Europeia, em que os países membros cedem parcelas de suas soberanias para uma organização supranacional. Autoria: Isabela Menin Ribeiro ; Daniela Menengoti Ribeiro
  9. A associação da técnica de indução de colágeno (TIC) com o peeling químico no tratamento do melasma facial - A pesquisa em desenvolvimento pretende verificar se a Técnica de Indução de Colágeno (TIP), normalmente associado ao peeling químico, pode colaborar na eliminação ou diminuição de melasma facial (manchas escuras, geralmente causadas pela exposição ao sol) em mulheres de 35 a 55 anos de idade. Autoria: Danieli Ferro ; Malena Avancini dos Santos ; Renata Cappellazzo
  10. Influência de diferentes adubações verdes para controle da luminosidade incidente sobre o solo em um sistema de cultivo agroecológico - A pesquisa de Ciências Agrárias constatou que as plantas de adubação verde são ferramentas interessantes para o controle de luminosidade incidente sobre o solo. O que incentivou o estudo foi a necessidade de promover um ambiente mais adequado para plantação de café no Paraná, que tem adversidades climáticas que prejudicam a cafeicultura na região. Autores: Kleber Lopes Longhini ; Rafael Egea Sanches ; Anny Rose Mannigel ; Isabella Lopes Jesualdo

E esses foram apenas os 10 trabalhos mais favoritados pelo app durante o 10º EPCC. Não se preocupe que logo os anais do Encontro Internacional de Produção Científica serão publicados e anunciados nas nossas redes sociais, então continue acompanhando nossas publicações. :)

Para mais informações sobre outras funcionalidades do app, desenvolvido pelo Galoá, e como levar a tecnologia para o seu evento científico ou técnico, envie seu contato. A nossa equipe especializada sanará todas suas dúvidas.

Leia mais:

Inove e leve mais comodidade para seus participantes

Envie seu contato e conheça o aplicativo mobile desenvolvido pelo Galoá.

"Estou muito feliz por estarmos trazendo essa inovação para o COBEQ, o tempo corre e temos que usar as tecnologias para facilitar a vida e economizar tempo e dinheiro, carregando no congresso apenas seu crachá e celular e não mais o peso dos resumos e trabalhos." - Prof. Dra. Diana Azevedo (UFC)