Ciência

Redes Sociais para Pesquisadores: Como divulgar sua pesquisa?

Sua pesquisa foi publicada nos anais online do congresso ou simpósio que você participou. E agora?

Ter seu trabalho publicado já é um grande acontecimento que traz leitores interessados a sua pesquisa, mas quando nos dedicamos a algo, queremos ver crescer e atingir o maior número de pessoas possível. Temos todas as ferramentas para divulgação em nossas mãos, só falta usá-las.

1) Escolha a rede social

Cada rede social possui suas características que as diferenciam das outras, por exemplo, o que você publica no Facebook é diferente no Twitter ou Instagram. Para quem não está acostumado pode parecer um tanto confuso, por isso resumimos algumas informações sobre as principais redes e como usá-las.

Twitter

O Twitter é o lugar para mensagens curtas, por isso a rede tem um limite de 140 caracteres por post. Ao contrário do Facebook, eles possuem uma timeline linear, portanto a primeira publicação geralmente é a mais recente.

Apesar do limite de caracteres, é possível criar uma conversa ao responder sua postagem anterior. Porém, use esta função com moderação, pois o propósito da rede ainda é compartilhar informações curtas.

Ao compartilhar seu trabalho você pode escolher fixar este tweet no topo da sua conta, assim, ele será a primeira informação que alguém irá ver ao acessar seu perfil. Se você resolver postar várias vezes sobre o trabalho, há a opção de criar um Moments. Essa ferramentas junta todos os seus tweets selecionados em uma única página, como se fosse um álbum com seus tweets sobre um único assunto.

Facebook

Hoje, aproximadamente 8 a cada 10 brasileiros possuem uma conta no Facebook, motivo que leva tantas empresas a investirem na plataforma para promover seus produtos. No Facebook já é possível compartilhar mensagens maiores, fornecendo um espaço maior para que você compartilhe suas experiências com seus amigos e conhecidos. Vá além do link e publique fotos, imagens e vídeos que podem estar relacionados a sua pesquisa ou participação no evento.

Instagram

O Instagram é uma plataforma para o compartilhamento de imagens, então, você pode publicar fotos sobre sua pesquisa e o evento no qual ela foi apresentada. Um ponto negativo é que a plataforma não aceita links em seus posts, porém é possível colocar o link da pesquisa na sua bio e redirecionar os leitores até ela.

Apesar do Instagram permitir que os textos das legendas sejam maiores, não é recomendado exagerar. Tenha em mente que os usuários da rede buscam se entreter através de imagens e menos texto.

Linkedin

O Linkedin é uma rede social voltada ao networking, porém, isso não significa que você não possa compartilhar suas pesquisas por lá, pelo contrário. Mostre para seus colegas seus trabalhos acadêmicos e técnicos.

Ao realizar suas publicações, procure relacionar seus resultados com o mercado e sociedade, além de mostrar o impacto da sua pesquisa em empresas e instituições.

2) Comece a divulgar

Você já sabe em quais redes sociais quer compartilhar sua pesquisa, só falta escrever sua mensagem e publicar. Aqui vamos dar algumas dicas sobre o que escrever para que mais pessoas se interessem pelo seu trabalho.

imagem: post no twitter

Introduza o leitor ao assunto

Conte um pouco sobre o tema do seu trabalho e sua importância. Não é necessário escrever um resumo completo, apenas o suficiente para que seu leitor saiba sobre o que ele vai ler.

Conte sua história

Muitas coisas podem acontecer durante uma pesquisa. Às vezes, encontramos dificuldades ou nos deparamos com situações engraçadas que não aparecem no texto final do trabalho, as redes sociais são os melhores lugares para isso. Ao compartilhar seu trabalho, conte uma história sobre o processo de pesquisa, fale sobre suas dificuldades e como conseguiu contorná-las.

Compartilhe imagens

Fotos e imagens costumam gerar mais engajamento nas redes sociais. Compartilhe algumas imagens presente em sua pesquisa e explique o que acontece nela. Tem fotos do laboratório ou outro local onde realizou seu trabalho? Compartilhe e fale sobre sua experiência pesquisando no local.

Fale sobre o impacto

Explique como os resultados da sua pesquisa impactam na produção científica e qual a importância do seu resultado. As pessoas querem saber porquê o seu trabalho é diferente e qual mudança ele propõe.

Simplifique

Nem todas as pessoas que você mantém contato em suas redes sociais entendem do mesmo assunto que você. Na hora de explicar sobre seu trabalho, procure ser o mais didático possível e evitar jargões técnicos. Sua pesquisa aparentará mais interessante em uma linguagem acessível para mais pessoas.

Mostre seu trabalho

Não adianta fazer tudo isso se ninguém consegue encontrar a sua pesquisa. Parte essencial da divulgação de um trabalho acadêmico é mostrar onde ela se encontra. Por isso, se ela for publicada online fica ainda mais fácil de ser acessada.

Na plataforma Galoá Proceedings, você só precisa compartilhar o link para o trabalho. Quanto maior o número de acesso, maiores as chances de você ficar entre os trabalhos mais visualizados do seu eixo temático ou evento científico. Você recebe todas essas informações no seu email, através de relatórios mensais.

Devo ter contas em todas as redes?

Essas são apenas algumas dicas para você começar a divulgar seu trabalho pelas redes sociais. Não é necessário seguir todas à risca, faça testes e veja o que funciona melhor e qual você se adequa mais.

Também não é necessário fazer contas em todas as redes sociais apenas para divulgação do seu trabalho, utilize aquelas que você já conhece e usa mais frequentemente. Estes são pequenos passos para trazer mais acessos a sua pesquisa e ajudar na divulgação da ciência no Brasil.

Aproveite para seguir o Galoá pelas redes!