Eventos

Jornal Unicamp: O cuidado à criança e ao adolescente é tema da VII Jornada de Enfermagem Pediátrica

Durante dois dias, mais de 200 profissionais da área de enfermagem pediátrica, especialistas e alunos de graduação e pós-graduação do Brasil compartilham experiências e participam de mesas-redondas sobre violência e educação, transtornos psiquiátricos na infância e outros assuntos. Acontecem também nove apresentações de trabalhos orais e 57 pôsteres de pesquisas. Os trabalhos orais serão premiados na sexta-feira (27), às 16 horas, no encerramento da jornada.

De acordo com a enfermeira Luciana de Lione Melo, coordenadora do curso de graduação em enfermagem da FCM da Unicamp, dois grandes marcos justificam a realização do evento que, neste ano, acontece pela primeira vez na faculdade. O primeiro deles é a criação do Estatuto de Criança e do Adolescente que completou 20 anos há um ano e meio atrás. Segundo Luciana, o Estatuto foi um grande avanço na legislação brasileira, mas parte dele não foi cumprida por todos os serviços de saúde.

Um dos grandes problemas, para Luciana, é ver a família como extensão da criança e não como visita; da família estar ao lado da criança em período integral durante a hospitalização, seja em uma unidade de internação ou de terapia intensiva pediátrica. “Desde a década de 1950, estudo mostram que a presença da família durante a hospitalização faz o sistema imune da criança melhorar, o risco de infecção ser menor e o tempo de internação diminuir”, disse.

O outro ponto destacado pela coordenadora do curso de enfermagem da FCM da Unicamp é a mudança do perfil epidemiológico ao longo dos últimos 30 anos. Doenças consideradas agudas e fatais como aids, fibrose cística e câncer, agora são doenças crônicas que demandam cuidado de saúde tanto em nível ambulatorial quanto domiciliar. “Crianças portadoras dessas doenças vivem mais tempo, até os bebês prematuros nascem menores e conseguem sobreviver. Por isso, após todas as possibilidades de tratamento feitas, ela precisa de uma proposta de cuidados paliativos para vier os últimos anos da melhor forma possível com a melhor qualidade de vida que se possa oferecer”, salientou.

Lançamento

Para contribuir com a formação profissional de enfermeiros pediátricos, a professora do curso de graduação em enfermagem da FCM da Unicamp e enfermeira Silvana Denofre Carvalho, coordenou e escreveu o livro “O enfermeiro e o cuidar multidisciplinar na saúde da criança e do adolescente”. Dividido em seis seções e 23 capítulos escritos por 42 especialistas da Unicamp, USP, Unesp e Unifesp, o livro aborda o cotidiano da atuação do enfermeiro em diferentes ambientes, como em Unidades Básicas de Saúde e instituições de ensino e cuidado pediátricos.

“O livro foi pensado para auxiliar os alunos na disciplina de enfermagem pediátrica que acontece no terceiro ano do curso. Entretanto, ele serve para mães que desejam saber qual vacina deve ser dada ao seu filho, o que é enfermagem em puericultura e qual a responsabilidade do enfermeiro. O livro é bem atual e a linguagem acessível para todos”, explicou Silvana.

O lançamento do livro “O enfermeiro e o cuidar multidisciplinar na saúde da criança e do adolescente” acontece hoje, às 17 horas, no hall do auditório. O livro é publicado pela editora Atheneu e custa R$ 77,00.

Texto: Edimilson Montalti - ARP-FCM/Unicamp

Fotos: Mário Moreira - CADCC-FCM/Unicamp