Ciência

Eugene Garfield, pioneiro da Cientometria

Na última semana de fevereiro de 2017 faleceu Eugene Garfield, químico e linguista pioneiro no campo de Citation Analysis responsável pelo Science Citation Index e fundador do Institute for Science Information.

Suas contribuições e trabalhos relacionados a indexação de citações foram tão significativos que foram influenciadores  na criação do Pagerank do Google, sistema que mede a relevância de um website ou página da web de acordo com a quantidade de links que levam até aquela página.

Em homenagem a essa importante figura que trouxe mudanças significativas para a ciência, como o fator de impacto, neste post resgatamos um pouco da história e trabalho de Eugene Garfield.

Breve biografia

O pesquisador nasceu em Nova York em 1925, se formou em química na Universidade de Columbia em 1949. Após sua formação, Eugene, foi convidado a trabalhar na Universidade Johns Hopkins, na cidade de Baltimore nos Estados Unidos, no Welch Machine Indexing Project. O objetivo do projeto era criar novas maneiras de indexar a literatura biomédica. O trabalho foi precursor do atual Index Medicus.

Sua permanência no projeto de indexação o inspirou em fazer seu mestrado em Biblioteconomia na Universidade de Columbia em Nova York, após a graduação se tornou consultor da indústria farmacêutica nos Estados Unidos para qual vendia o Current Contents, índice com as mais recentes publicações de artigos da área médica e farmacêutica. Atualmente o Current Contents é publicado pelo Institute for Scientific Information (ISI), nome que a empresa de Garfield assumiu em 1960, vendida em 1992 para a Thomson Corporation.

 logotipo Institute for Science Information

Em 1958, Eugene Garfield foi procurado pelo Dr. Joshua Lederberg interessado no índice de citações que Eugene tinha sugerido em 1955 em artigo para a revista Science. Alguns anos depois, essa conversa resultou na publicação do Science Citation Index pelo ISI em 1964.

Esse índice faz conexões entre diversos tipos de literatura científica através das referências bibliográficas; hoje, tudo isso é disponibilizado online pela Web of Science (WoS) e influenciou a criação do Fator de Impacto, utilizado para medir o impacto de um periódico na ciência, segundo a quantidade de citações que a revista recebe.

Outra conquista de Garfield foi o lançamento da revista The Scientist em 1986, publicação voltada para a divulgação de novidades nos campos científicos da biologia e medicina. Nela, Eugene permaneceu como editor-chefe até o ano 2000, quando passou a ocupar o cargo de presidente da empresa.

O que é Web of Science?

O Web of Science criado pelo ISI, é um indexador online de citações por assinatura, em que o pesquisador tem a acesso a artigos publicados em mais de 12.000 periódicos e diversas outras publicações incluindo livros acadêmicos e anais de eventos do mundo inteiro. Através do Web of Science é possível buscar citações por área de pesquisa, saber quantas vezes um autor foi citado e identificar tendências de estudos entre os pesquisadores de uma área.

O que é Fator de Impacto?

A Fator de Impacto (FI) é uma das formas mais tradicionais de qualificar uma revista científica ao contabilizar a soma de todas as citações que seus artigos receberam no ano do cálculo dividido pelo número de artigos publicados nos últimos dois anos anteriores .

 revistas científicas

Por exemplo, vamos supor que uma revista x publicou nos dois últimos anos anteriores a este 400 artigos e neste ano recebeu 200 citações, seu Fator de Impacto seria 200/400, ou seja, no ano vigente seria de 0,5.

Um dos questionamentos levantados sobre a legitimidade do Fator de Impacto é como ele pode ser manipulado através de técnicas como auto-citação, causando inflação do número para determinadas revistas e periódicos, entre outros problemas que não nos aprofundaremos neste post.

Apesar das críticas e polêmicas ao redor dos sistemas de classificação, é inegável a influência dos trabalhos de Eugene Garfield na atualidade. Suas contribuições científicas continuarão sendo lembradas como referência  em diversas áreas de estudo, principalmente naquelas em que foi pioneiro como a Bibliometria e Cientometria moderna.