Eventos

TECBIO 2017: Julho é mês de discutir sobre biofármacos

De 20 a 22 de julho você pode discutir em Fortaleza, capital cearense, sobre biofármacos na “1ª Reunião Brasileira em Tecnologias para a Produção e Regulamentação de Biofármacos” (TECBIO), que ocorrerá com organização da Universidade de Fortaleza (Unifor).

A importância dos eventos se dá porque os “biofármacos são consideradas drogas inteligentes, e tem sido cada vez mais utilizados na área médica por terem alta eficiência e reduzidos efeitos colaterais. São medicamentos biológicos, ou seja, produzidos por organismos vivos a partir de uma molécula de DNA. O Brasil hoje gasta grande parte de seu investimento anual previsto para medicamentos em biofármacos.”, explica Kaio Tavares, pesquisador na Unifor e um dos organizadores da edição.

Sendo assim, o TECBIO pretende ampliar o debate entre os especialistas brasileiros com palestrantes estrangeiros com pesquisas renomadas na área. Um dos pontos importantes de discussão da reunião também será discutir sobre a regulamentação da produção de biofármacos no Brasil, por isso que o público-alvo é tão amplo, abrangendo o setor da indústria farmacêutica, acadêmica e governamental.

Para compor o time de debate, TECBIO chegou com especialistas como:

  • Hua Wu, da empresa Sab Biotherapeutics (EUA), que conversa sobre o tema “Using fully human antibodies from TC bovine to fight infectious diseases”.
  • Simon Lillico, do Instituto Roslin na Universidade de Edinburgo (Escócia), onde foi produzida a ovelha Dolly, com a palestra "Editing Livestock Genomes".
  • Irina Polajeva, da Universidade Estadual de Utah (EUA), sobre “Use of animal cloning in biotechnology”

E outros tantos pesquisadores e especialistas no mercado estrangeiros e brasileiros. Confira a programação completa do TECBIO 2017 aqui.

São diversas as áreas científicas com temas interdisciplinares com fármacos, entre elas Medicina, Medicina Veterinária, Farmácia, Biologia, Agronomia, dentre outras, sendo que mundialmente, os biofármacos movimentam por ano U$ 200 bilhões.

O Brasil vem contribuindo com pesquisas relevantes sobre o tema, mas a organização aponta que esses avanços não chegam até o mercado por conta dos problemas de regulamentação no país, justificando a abrangências de especialistas que o evento busca atingir.

Se você tem interesse no TECBIO 2017, não se preocupe porque ainda dá tempo de se inscrever e participar. Confira os prazos de inscrição:

 

  • 20/05 a 20/06: Inscrição primeiro lote

Estudantes de graduação e pós graduação: R$ 100,00 (individual), R$ 90,00 (grupo de 5)

Profissionais: R$ 150,00 (individual), R$ 135,00 (grupo de 5)

 

  • 21/06 a 13/07: Inscrição segundo lote

Estudantes de graduação e pós graduação: R$ 130,00 (individual), R$ 115,00 (grupo de 5)

Profissionais: R$ 200,00 (individual), R$ 180,00 (grupo de 5)

 

Mais informações você encontra no site oficial do TECBIO 2017, em inglês e português, desenvolvido pelo Galoá, sendo elogiado por Kaio Tavares:

“Visualmente o design do site ficou muito acima da expectativa, com bonitas imagens, ícones e bastante moderno.” - Kaio Tavares (Unifor) - organizador do TECBIO 2017

O evento também utiliza nosso sistema de inscrições e gestão de pagamentos.

Está organizando um evento científico também? Converse com nossos especialistas e faça um orçamento sem compromisso.