Eventos

O 10º EGEPE está com submissões abertas

Realizado desde o ano 2000, o Encontro de Estudos em Empreendedorismo e Gestão de Pequenas Empresas (EGEPE) é um evento consolidado no país e se firma como o principal espaço para o debate sobre Empreendedorismo e Gestão de Pequenas Empresas. O EGEPE é qualificado pela Comissão de Área da Capes no estrato 2 – Área de Avaliação Administração, Contábeis e Turismo.

O EGEPE é realizado pela Associação Nacional de Estudos em Empreendedorismo e Gestão de Pequenas Empresas (ANEGEPE) que é uma associação sem fins econômicos, que tem como objetivo a promoção do estudo e das melhores práticas de empreendedorismo e de gestão de pequenas empresas (acesse o site deles aqui).

O Encontro tem como objetivo reunir pesquisadores, estudantes e interessados das áreas de empreendedorismo e gestão de pequenas empresas visando o intercâmbio de estudos, ideias e experiências. Além das seções de apresentação de artigos científicos, o evento tradicionalmente tem em sua programação o Consórcio de Mestrado e Doutorado, onde estudantes de pós-graduação discutem seus projetos com pesquisadores da área em sessões simultâneas de debate sobre pesquisa e publicação em empreendedorismo e pequenas empresas e mesas-redondas, onde profissionais da área debatem com pesquisadores a prática de empreender e de apoiar empreendedores.

Para o X EGEPE foi escolhida a cidade de São Paulo, “o estado de São Paulo tem alta densidade de pesquisadores, professores, estudantes e de interessados nos temas, sendo que também representa o impulso empreendedor brasileiro, de todos os portes, a começar dos pequenos, que contribuem para a geração de inovação e de riqueza para o país”, nos explica Rose Mary Almeida Lopes, Presidente da ANEGEPE. “Tem excelente malhas aéreas, rodoviárias e grande oferta hoteleira que facilitam o acesso e a recepção dos conferencistas”. A realização será na FGV EAESP - Fundação Getúlio Vargas - Escola de Administração de Empresas do Estado de São Paulo, uma das escolas mais renomadas no país e no mundo, que integra a prática empresarial com a fronteira de pesquisa no Brasil e no exterior. Possui, desde 2004, um Centro de Empreendedorismo e Novos Negócios (FGV Cenn), que realiza o evento conjuntamente com a ANEGEPE e também com a FCA e LEICI da UNICAMP.

O X EGEPE tem como tema central o slogan: “Caminhos para o fortalecimento do empreendedorismo: transformando possibilidades em realidades”.

“O que motivou a escolha deste tema foi a necessidade de se pensar o empreendedorismo da forma mais ampla possível, inclusiva, e que os diversos agentes da sociedade podem e devem estimular e apoiar os empreendedores no processo de transformação das oportunidades e possibilidades em realidades. Isto é que fortalecerá a ação e impacto dos empreendedores e, consequentemente, o impacto deles nos contextos locais, regionais e nacionais.” Rose Mary Almeida Lopes – ANEGEPE.

A programação ainda está sendo definida, mas a keynote speaker será uma das pesquisadoras mais renomadas no empreendedorismo, a profa. Dra. Saras D. Sarasvathy, da Universidade de Virgínia nos Estados Unidos.

A professora Sarasvathy faz parte da área de Estratégia, Empreendedorismo e Ética da Darden School of Business. Ela ministra cursos de doutorado em diversos programas na Europa, Ásia, América Latina e África, além das aulas em Darden. A Dra. recebeu diversos prêmios pelo mundo, em 2007 foi nomeada umas das melhores professoras de empreendedorismo pela revista Fortune Small Business e em 2013 recebeu o doutorado honorário da Babson College pelo impacto do seu trabalho na educação de empreendedorismo. Dra. Saras Sarasvathy faz parte da presidência do Instituto Indiano de Gestão, é professora titular da Nankai University em Tianjin na China e professora jubilada na Chalmers University em Gothenburg na Suécia.

Os trabalhos podem ser submetidos aqui. Após a submissão passarão por avaliação por pares, e às cegas. Os avaliadores pontuarão e comentarão os trabalhos, e podem indicar os melhores para premiação. O Comitê Científico consolidará todos os resultados e irá indicar os melhores de cada linha temática para fast track de revistas científicas. Assim, todos os trabalhos submetidos que atenderem os padrões, estiverem alinhados com as temáticas e forem apontados pelos avaliadores como os melhores, já serão indicados para o Comitê Científico para serem considerados para este tipo de premiação. Os eixos temáticos são os seguintes:

  1. Empreendedorismo, Pequenas Empresas e Estratégia
  2. Empreendedorismo, Pequenas Empresas e Inovação
  3. Empreendedorismo, Pequenas Empresas e questões Sociais e de Sustentabilidade
  4. Empreendedorismo, Pequenas Empresas e Redes
  5. Empreendedorismo, Pequenas Empresas e Contabilidade, Finanças, Marketing e TI
  6. Empreendedorismo, Pequenas Empresas e Políticas Públicas
  7. Empreendedorismo, Pequenas empresas e questões de Família
  8. Empreendedorismo, Pequenas Empresas e a Mulher
  9. Ecossistemas Empreendedores
  10. Empreendedorismo, Pequenas Empresas e Internacionalização
  11. Empreendedorismo, Pequenas Empresas e Pessoas e Capital Intelectual
  12. Empreendedorismo, Pequenas Empresas e Casos de Ensino
  13. Empreendedorismo, Pequenas Empresas e Educação
  14. Temas Livres e Emergentes sobre Empreendedorismo e Pequenas Empresas

Também estão sendo organizadas, para a tarde do dia 06 de Julho, visitas às principais aceleradoras e incubadoras em São Paulo.

O evento conta também conta com o sistema completo do Galoá para eventos científicos. A plataforma permitirá que o participante faça sua inscrição e envie seu trabalho pelo site do evento, tornando o processo mais simples, além de facilitar o trabalho da organização pela integração.

Confira no site do evento as regras de submissão, e submeta seu trabalho pela plataforma Galoá até 04 de março.

O evento em breve estará aceitando também o pagamento das inscrições, fique atento para não perder o prazo.

Automatize o seu evento!

Descomplique o trabalho da organização e utilize um sistema feito para eventos científicos

“O sistema do Galoá irá poupar tempo e energia dos organizadores e trará mais profissionalismo para a EPLFM. Já que durante o evento é bom termos alguém especializado para nos ajudar nos pagamentos que efetuaremos com dinheiro de agências de fomento.” - Samuel Rocha de Oliveira (IMECC Unicamp)