Anais e Proceedings

10 SLACA: Confira os mais acessados da edição de 2013!

Está chegando o 12 SLACA, Simpósio Latino Americano de Ciência dos Alimentos, evento da Unicamp acontecerá nos dias 4 a 7 de novembro de 2017, e devido o grande número de inscritos teve seu local alterado para a Expo Dom Pedro (mais informações sobre o local aqui). A organização do simpósio também anunciou que os cursos de sábado ainda serão realizados na Unicamp. 

Não é a primeira vez que o evento, já tradicional em sua área, conta com os sistemas do Galoá para a organização do Simpósio, e graças a publicação online dos anais do evento de 2013 temos a nossa disposição os trabalhos das edições passadas. Isso nos permite recordar os temas mais discutidos 4 anos atrás e quais geraram mais interesse por parte do público. Trazemos então nesse post os 5 trabalhos mais acessados do 10 SLACA, que são:

 

1 Qualidade de frutos da laranjeira ‘mimo-do-céu’ (citrus sinensis l. osbeck va. mimo), oriundos do território da borborema
2 Avaliação do desembarque pesqueiro efetuado em Macaé, Rio de Janeiro, Brasil
3 Análise sensorial de bolo frito elaborado da casca de batata inglesa
4 Características físicas, químicas e rendimento do óleo de buriti (Maurita flexuosa L.f. – Arecaceae)
5 Avaliação da perda de massa fresca e respiração em abacates ‘hass’ tratados por radiação

Confira um pouco mais sobre essas pesquisas e quem são seus autores:

Qualidade de frutos da laranjeira ‘mimo-do-céu’ (citrus sinensis l. osbeck va. mimo), oriundos do território da borborema por Antonio Fernando da Silva, Silvanda Silva, Rejane Mendonça, Ana Paula Pereira Schünemann, Renato Lima Dantas e José Chaves.

Os autores do trabalho mais acessado do 10 SLACA de 2013 consideraram o fato de o Brasil ser líder mundial na exportação de frutas cítricas, especialmente a laranja, para focar no estudo de qualidade do alimento. Assim, eles analisaram os frutos da laranjeira conhecida como “mimo-do-céu”, produzida na região de Borborema no estado da Paraíba, e  foi constatado que a laranja estudada produz mais suco e é menos ácida do que a laranja “pêra”, muito popular no mercado e cotidiano da população brasileira. Caso queira saber mais sobre as conclusões e visão dos autores, confira a entrevista concedida para o blog Galoá aqui.

Avaliação do desembarque pesqueiro efetuado em Macaé, Rio de Janeiro, Brasil por Lais Buriti de Barros, Mariah Fernandes da Silva Barcelos, Jady de Freitas Baptista Salles, Priscila Esteves, Nívia Caetano e Amábela Cordeiro.

Visando melhorar a qualidade dos produtos pescados disponíveis para os consumidores, os pesquisadores fizeram visitas técnicas e entrevistas para avaliar as condições de manejo do produto e encontraram situações higiênico-sanitária inadequadas, mostrando que os estudos na área de tecnologia do pescado são importantes para garantir a saúde dos consumidores.

Análise sensorial de bolo frito elaborado da casca da batata inglesa por Lívia Oliveira da Silva Bonfim e Lisandra Maria da Silva Carvalho.

Neste trabalho, as autoras realizaram uma análise sensorial de um brioche feito da casca da batata inglesa; a intenção do estudo era buscar o uso mais consciente do legume e diminuir a quantidade de alimento descartado.

Características físicas, químicas e rendimento do óleo de buriti (Maurita flexuosa L.f. – Arecaceae) por Cecília Oliveira de Carvalho, Veridiana Scudeller, Elisabet Alfonso Peixoto, Ézio Sargentini Júnior e Marcos Bolson.

Considerando a procura pelo óleo do buriti, os autores da pesquisa avaliaram diferentes métodos de extração analisando o rendimento e qualidades do produto desenvolvido. A extração através da prensa hidráulica foi a forma que obteve resultados com melhor custo-benefício.

Avaliação da perda de massa fresca e respiração em abacates ‘hass’ tratados por radiação por Juliana Wagner Simon, Sérgio Marques Costa e Rogério Lopes Vieites.

Os autores do trabalho analisaram a eficiência de técnicas de conservação por radiação do fruto do abacate buscando aumentar a validade do fruto após a colheita. Após realizar as pesquisas, os autores chegaram à conclusão de que as duas formas de radiação (radiação gama e radiação por aceleração de elétrons) foram efetivas na conservação do abacate.

 

Não foram só os trabalhos mais acessados que chamaram a atenção em 2013, o 10 SLACA também premiou 3 pesquisas que se destacaram no evento sobre bioquímica de alimentos, ciência e tecnologia de alimentos e compostos bioativos, que você pode conferir a seguir:

1º lugar: Potential prebiotic of enzymatic hydrolysates from oat flour using beta 1,3-glucanase

2º lugar: Sugar cane spirit blended with different tropical wood and oak

3º lugar: Obtaining of peptide rich protein hydrolysates using alcalase for hydrolysis from lupin (Lupinus albus) protein isolate

Em nossa plataforma Galoá Proceedings Indexados você encontra os anais da 10ª e da 11ª edição do Simpósio Latino Americano de Ciência dos Alimentos, e em breve os anais da 12ª edição que acontecerá agora nos dias 4 a 7 de novembro de 2017.

Com os anais em uma plataforma online completa, as edições do evento não são esquecidas ao ter suas pesquisas sempre disponíveis para seus participantes atuais ou futuros. A utilização do DOI também garante que cada trabalho tenha um link seguro, permitindo que ele seja encontrado facilmente por todo mundo.

Não deixe de conferir os trabalhos das edições passadas do SLACA e aproveite também para fazer sua inscrição no SLACA 2017!

Eternize seu evento

Os anais do SLACA 2013 continuam sendo acessados! Publique conosco e mantenha o debate científico aceso.

"A nossa motivação ao disponibilizar os anais online e com DOI foi aumentar a visibilidade do evento. A ideia central era permitir que esses trabalhos fossem recuperados e vistos em qualquer lugar do mundo. Que as pessoas pudessem avaliar a qualidade do que é apresentado aqui na Unicamp." - Prof. Dr. Fernando Coelho, Unicamp